Responsabilidade social

  • Projeto Escola no Campo

    O Projeto Escola no Campo é uma parceria entre a Coocam e a Syngenta, com apoio da Fundação Abrinq e é direcionado para crianças ligadas ao campo. Juntas as idealizadoras contribuem com a formação de gerações mais conscientes, transmitindo esclarecimentos práticos e teóricos, sobre a necessidade de cuidar da natureza de forma sustentável.

    Aborda temas relacionados ao meio ambiente, produção de alimentos, os direitos das crianças e dos adolescentes, entre outros assuntos pertinentes ao dia a dia das comunidades rurais. Tais assuntos são aplicados em sala de aula e no campo, sempre valorizando o trabalho realizado pelos agricultores, além de potencializar o desenvolvimento e a educação das crianças.

    Continuar lendo

    Após participar do Projeto, os alunos se tornam agentes multiplicadores dos conceitos de responsabilidades sociais, ambientais e culturais. Em Campos Novos e região, aproximadamente 9 mil crianças já foram formadas.

    O Início

    Em meio a toda evolução da agricultura surgiu uma preocupação com o meio ambiente e com o futuro. No mês de fevereiro de 2003 motivados pela comemoração dos 10 anos de fundação da Coocam, a diretoria resolveu executar um projeto social na comunidade.

    A essência da iniciativa já era a educação ambiental como fonte de esclarecimento e forma de conscientizar a população sobre suas responsabilidades individuais e coletivas, assim como chamar atenção para conceitos de sustentabilidade e preservação do meio ambiente. O público alvo eram estudantes de escolas públicas de Campos Novos, município sede da cooperativa.

    Continuidade

    Naquele mesmo ano a Coocam recebeu um convite da multinacional Syngenta para, juntas iniciar o Projeto Escola no Campo em Campos Novos. A proposta foi estudada e o desafio foi aceito. A partir disso, o projeto socioambiental da Coocam havia ganhado forças, foi remodelado e transformado em Projeto Escola no Campo. Já consolidado, a parceria entre Coocam e Syngenta começou render excelentes resultados. Participam do Projeto Escola no Campo, crianças do Ensino Fundamental com idade entre 10 e 11 anos, estudantes do 5º ou 6º ano em escolas públicas.

  • Semana do Campo Limpo

    Tradicionalmente no mês de agosto, a Coocam realiza a Semana do Campo Limpo em suas filiais, seguindo o calendário do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias – inpEV. A iniciativa da cooperativa iniciou em 2011, com coletas de embalagens de agrotóxicos em todas as filiais.
    Além do recolhimento itinerante, a Coocam realiza palestras com orientações aos produtores e seus colaboradores e aainda desenvolve projetos de difusão de conhecimentos entre as crianças.
    Desenvolve ainda, em parceria com a Associação de Revendas de Embalagens de Agrotóxicos da Região de Campos Novos (Ararcam), projetos de difusão de conhecimentos entre as crianças do município, a fim de estimular a maior participação dos agricultores no recolhimento e destinação correta de embalagens de agrotóxicos.
    A mudança de comportamento por parte dos produtores rurais, que demonstram ter adquirido o hábito do descarte responsável, é a celebração dos excelentes resultados da logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas.

    Continuar lendo
    Descarte Correto

    Sustentabilidade no campo. É nisso que a Coocam acredita e para isso, algumas ações são fundamentais no processo de produção no agronegócio. O descarte correto de embalagens vazias de agrotóxicos é amplamente discutido e principalmente, praticado na cooperativa.

    Com o projeto realizado anualmente, por meio da Semana do Campo Limpo, assim como distribuição de material informativo rotineiramente aos produtores e realização de palestras, a Coocam busca promover a destinação correta de embalagens.

    Após o uso dos produtos, o produtor rural deve realizar a lavagem das embalagens e encaminhá-las as unidades de recebimento. Em Campos Novos, existe a Associação de Revendas de Agrotóxicos da Região de Campos Novos – Ararcam, a qual a Coocam é associada e que recebe todo o material utilizado no campo e dá o destino correto à estas embalagens.

    Tríplice Lavagem

    Como o próprio nome diz, a tríplice lavagem consiste em enxaguar três vezes a embalagem vazia, seguindo os seguintes critérios:

    • • Após esvaziar a embalagem, deve ser colocada água limpa até ¼ de seu volume (25%);
    • • A tampa deve ser recolocada e fechada com firmeza e o recipiente agitado vigorosamente em todos os sentidos, durante cerca de 30 segundos para que os resíduos do produto que estiverem aderidos às superfícies internas se dissolvam;
    • • A água de enxague deve ser despejada dentro do tanque do equipamento de aplicação (para ser reutilizada nas áreas recém-tratadas), com cuidado para não espirrar. A embalagem deve ficar sobre a abertura do tanque por aproximadamente mais 30 segundos, para que todo o conteúdo escorra;
    • • Depois de repetir esses procedimentos mais duas vezes, a embalagem deve ser inutilizada, perfurando-se o fundo com objeto pontiagudo.
    Lavagem Sob Pressão

    Outro método para realizar a limpeza das embalagens é a lavagem sob pressão, sistema integrado ao pulverizador. Este equipamento utiliza a própria bomba do equipamento para gerar a pressão para o bico de lavagem. A água limpa utilizada para lavagem das embalagens é captada pela bomba do pulverizador de um tanque extra que pode ou não estar integrado ao equipamento.

    Nesse procedimento, devem ser observados os seguintes passos:

    • • Após o esvaziamento da embalagem, encaixá-la no funil instalado no pulverizador;
    • • Acionar o mecanismo para liberar o jato de água limpa;
    • • Direcionar o jato de água para todas as paredes internas da embalagem por 30 segundos;
    • • Transferir a água de lavagem para o interior do tanque do pulverizador;
    • • Inutilizar a embalagem perfurando o fundo.

    Após o processo de lavagem, o agricultor deve armazenar as embalagens vazias com suas respectivas tampas, rótulos e caixas em um lugar adequado, separadas por tipo. Essas embalagens devem ser devolvidas na unidade de recebimento indicada pelo revendedor no corpo da Nota Fiscal até o prazo de um ano após a compra. Caso sobrem frações do produto na embalagem, a devolução deve ser feita até seis meses após o vencimento.

    Para mais informações, acesse:
    http://www.inpev.org.br/index
  • Caminhada Ecologica

    Trocar a comodidade e aquele momento de preguiça, num domingo de inverno, pelas boas práticas socioambientais. Uma rotina diferente do habitual, mas de grande valor social agregado. Assim é a Caminhada Ecológica, evento anual organizado pela Coocam e a SER Coocam, direcionado aos coloboradores da cooperativa e seus familiares.

    A atividade faz parte do Dia de Cooperar ou Dia C – um grande movimento nacional de estímulo às iniciativas voluntárias diferenciadas, continuas e transformadoras, realizadas pelas cooperativas com apoio incondicional do Sistema OCB. As ações realizadas no Dia C, fazem parte da agenda estratégica do do cooperativismo brasileiro.

    A Caminhada Ecológica acontece em Parques de Campos Novos, lugares com aspectos característicos da região como por exemplo: hidrografia, relevo, fauna e flora. Um momento para admirar o ecossistema local e valorizar os benefícios oferecidos gratuitamente pela natureza.